Festa de aniversário econômica

Recheio de mãe

Diversão e gostosuras para o crescimento do seu pequeno.

Festa:

Festa de aniversário econômica

Dicas pra fazer uma comemoração linda sem gastar muito!

por Ana Maria | 2 anos atrás
I hope her dreams comes true

Que mãe consegue passar batido pelo aniversário de um filho? Complicadíssimo, concordam? Por mais que o momento econômico não esteja favorável, a gente vai lá e… canta parabéns! Afinal, difícil resistir a um momento tão especial!

Mas, ainda que seja só para a família, dá pra não gastar muito? Dá!!!! Até se a festinha for para mais gente, viu? É só tentar se segurar e não sair fazendo tudo impulsivamente.

 

Existem soluções práticas e baratas para os comes e bebes, além de ideias que ajudam a deixar tudo lindo, sem prejudicar o orçamento. Quer ver só?

1 – Faça tudo com antecedência.

Essa é a primeira dica porque é a principal. Pode acontecer, sim, de você fazer uma festa em cima da hora e não gastar muito. Mas a tendência é que, com menos tempo, você pesquise menos e acabe comprando a mesma coisa em por um valor mais alto. Ou que não encontre uma alternativa para aquilo que está caro.

2 – Defina o local, levando em conta prós e contras.

Buffet infantil pode ser mais caro, mas pode também não ser! Hoje em dia existem pacotes de festas compartilhadas, pra você dividir os gastos com a mãe do amiguinho da escola, por exemplo! Também há valores diferentes de acordo com o dia da semana. Fazer a festa em casa costuma ser mais barato, mas é preciso levar em conta toda a infraestrutura necessária (mesas, cobertura para chuva, brinquedos, etc) para fazer a comparação. Se for melhor, ótimo! Festas em casa estão voltando a ser tendência!

3 – Defina o cardápio de forma inteligente.

No buffet, nada de exagero. Ninguém come tanto assim em 4 horas de festa, então vale não exagerar nas opções do cardápio, e deixá-lo mais acessível. Lá ou em casa, vale pensar no horário da festa, que influencia diretamente nos custos. Você pode optar por um café da manhã, por exemplo, ao invés de almoço. Lanche da tarde em vez de jantar… Em casa, vale pensar em contratar uma equipe que traga tudo pronto (às vezes fica mais em conta!) ou escolher opções inteligentes e práticas, como sanduíches de metro (que podem ser feitos em casa!), pizza caseira, salgados que são a especialidade da vovó, etc. Nos doces, nada de exagero… Pense no que as crianças realmente comem. O básico costuma fazer mais sucesso e ser mais barato!

4 – Mesa de bolo.

Essa parte é a mais difícil de economizar? Não! Dá pra fazer mesas lindas usando coisas que já temos em casa. Uma caixa decorativa pode virar pra baixo e se transformar em um lindo suporte de doces. Se você não tiver uma, vale encapar com tecido ou papel que combine com o tema da festa! Garrafas de vidro ou plástico viram ótimos vasos (dá pra colar pérolas de artesanato nelas), perfeitos para a mesa do bolo ou as dos convidados! Forminhas de doces podem fazer parte do painel do bolo, assim como uma parede bonita da casa pode ser o próprio fundo, sem muito adereço! Outra dica: aproveite a onda dos bolos cenográficos e peça emprestado de alguém que já tenha! Sempre tem a mãe de um amigo que já fez festa parecida e às vezes é só dar uma reformada no bolo! Assim, o verdadeiro pode ser “normal”, sem muita decoração, o que deixa tudo mais barato!

5 -– Lembrancinha.

Hoje a moda é trazer as lembranças para a mesa do bolo. Então, que tal fazer de doces boas lembranças? Brigadeiro de copinho, cupcake, cakepop, tubetes de chocolate… Tudo dá pra fazer em casa, personalizar com artes impressas em gráficas rápidas e detalhes como lacinhos de cetim… Giz de cera e caderninho pra desenho também são boas e baratas alternativas que as crianças adoram. E, personalizado, tudo vira enfeite de mesa… Como dito antes, com antecedência dá pra se planejar e ir fazendo aos poucos! Outra ideia super prática e à qualquer dá pra aderir até de última hora: lembrancinha feita com bolinho Ana Maria! Fica lindo, é fácil de fazer e tem o passo a passo super fácil aqui!

Com criatividade, dá pra inventar um monte de coisa, sem pesar no bolso. O que acham?