A ROTINA DOS LANCHES

Recheio de mãe

Diversão e gostosuras para o crescimento do seu pequeno.

Lancheira Equilibrada:

A ROTINA DOS LANCHES

Dicas pra facilitar o lanchinho equilibrado de todo dia!

por Ana Maria | 3 anos atrás
beautiful schoolboy eating sandwich for lunch during recess time at school

Quem tem filhos sabe como, às vezes, é difícil convencer uma criança a comer, não é? Tão difícil quanto, com a correria do dia a dia, é conseguir variar o cardápio – tanto o de casa quanto o de passeios ou o da lancheira da escola.

Hoje as dicas são para a lancheira da escola. Você sabia, por exemplo, que o lanche deve sempre ser composto de um líquido, uma fruta e um tipo de carboidrato? É, não adianta só ser um lanche com pão ou uma salada de frutas. É preciso um conjunto, em quantidades adequadas. E é preciso também variar, para que a criança se sinta estimulada a comer e tenha a maior oferta de nutrientes possível!

Pensando em ajudar na tarefa de montar uma lancheira equilibrada, selecionei algumas dicas que aplico em casa, depois de muito pesquisar e aprender a respeito. Quer ver?

  • Escolha sempre frutas práticas: isso facilita para a criança comer sozinha, sem problemas. Às vezes, na escola, a criança quer comer rápido para aproveitar o tempo do intervalo brincando (acontece por aqui!) e, quanto mais fácil for comer a fruta, melhor. Sugestões: uva sem caroço, banana, maçã, pera, manga picadinha.
  • Pense na lancheira um dia antes: não precisa preparar nada, mas abrir a geladeira e o armário para ver o que tem por lá é uma boa ideia pra agilizar o momento que antecede a ida pra escola e que costuma ser bem corrido. Deixar frutas lavadas ou até picadas (caso da melancia, por exemplo) ajuda bastante.
  • Não precisa mandar sempre suco. Pode mandar água!!! Mas pra quem quer variar (o ideal), vale congelar suco de melancia e depois só colocar na garrafa. Até a hora do lanche, o gelinho de fruta já virou suco! Outra dica é escolher sucos integrais de caixinha – que são práticos e saudáveis. Iogurtes também são opções superinteressantes pra variar, desde que levados em lancheira térmica.
  • Apostar em castanhas pode ser um recurso legal. É um snack de que a criança gosta, faz bem e é rápido pra pegar e comer! Uma dica extra é separar em porções individuais não muito grandes e que não se misturem com outros alimentos.
  • Inclua fontes de carboidrato, pois são elas que fornecem energia para as atividades das crianças. Os bolinhos Ana Maria da linha QD+ são reduzidos de açúcar, sódio e gorduras saturadas*, além de não utilizarem gordura vegetal hidrogenada. São ótimas opções para um lanchinho equilibrado e prático!

E vocês, como fazem por aí?

*Em relação à média dos produtos da linha tradicional de Ana Maria.