Bolinhos Ana Maria | Diversão mais divertida

Recheio de mãe

Diversão e gostosuras para o crescimento do seu pequeno.

Festa:

CHUVA DE SORVETES

Porque não tinha nada melhor para cair do céu

por Ana Maria | 2 anos atrás
chuva_de_sorvete

Aprenda a fazer sorvetinhos decorativos suspensos, apaixone-se por eles e não os largue nunca mais.

Para decorar a festinha e dar água na boca dos convidados, você só vai precisar de:

1 – bolinhas de isopor ou qualquer esfera arredondada;

2 – tecidos de algodão simples em tom pastel sem estampa;

3 – papel cartão com estampas diferentes;

4 – tesoura;

5 – cola branca;

6 – fita de cetim;

7 – agulha e linha;

8 – um móbile decorativo para quarto de criança.

Ler a matéria completa >>

Receita:

LEMBRANCINHAS

Aquelas que arrancam sorrisos

por Ana Maria | 2 anos atrás

Os bolinhos Ana Maria são muito mais do que camaradas fofinhos. Eles ficam supercharmosos enfeitados! Nesta seção do blog daremos a você que é mãe mil dicas de como usá-los para fazer os seus filhos – e os amigos deles – sorrirem de orelha a orelha. O troféu de mãe mais criativa fica pra você. :P. Confira o vídeo da confeitaria Ana Maria que preparamos para ensinar a fazer lembrancinhas deliciosas e irresistíveis para as próximas festinhas.

Ler a matéria completa >>

Dicas:

ELA, A BIRRA.

Não chore junto com seu filho. Aprenda tudo sobre birra e saiba como lidar com ela.

por Ana Maria | 2 anos atrás
3

Existem poucas coisas certas na vida, mas uma que podemos afirmar com toda a certeza é que a maioria das crianças é extremamente temperamental e faz birra! A psiquiatra Paula Levine afirma que, geralmente, as nuances de comportamento dos pequenos são, simplesmente, uma etapa natural do crescimento. É importante apenas não confundir birras com mau comportamento.

Entenda 4 razões para jogos temperamentais de crianças e anote as dicas para contornar as situações que fugirem do controle, sem desespero:

Ler a matéria completa >>

Lancheira Equilibrada:

CARBOIDRATO PARA CRIANÇAS?

A importância dos carboidratos na alimentação das crianças.

por Ana Maria | 2 anos atrás

Uma revisão publicada em 2015 na Revista Brasileira de Saúde Materno Infantil apresentou um estudo que avaliou o consumo alimentar de crianças brasileiras nas creches. O estudo mostrou que tanto a ingestão de ferro, quanto, surpreendentemente, a ingestão de energia, estavam abaixo das recomendações de saúde internacionais e nacionais.

A Sociedade Brasileira de Pediatria indica que os carboidratos devem contribuir com 50 a 55% do valor energético diário da alimentação infantil. Existe um mito popular de que carboidratos engordam, mas a Equilibrium Consultoria em Nutrição e Bem Estar esclarece a questão e considera que as calorias vindas do carboidrato produzem o mesmo tipo de energia fornecido por outros alimentos. A consultoria destaca, ainda, que o ganho de peso só acontece se o consumo de calorias for maior que o gasto energético da criança. Segundo os especialistas, um lanche para crianças em idade escolar deve girar em torno de 300 calorias e a composição dos itens da lancheira deve proporcionar um equilíbrio entre todos os nutrientes, como carboidratos, proteínas e gorduras. Sempre evitando os excessos, é recomendável que a lancheira contenha alimentos variados e seguros, que respeitem a cultura e a tradição alimentar do local onde a criança está inserida.

Ler a matéria completa >>